Não é porque é feito na web que tem que ser feito de qualquer jeito.

26/06/2016

#Resenha: Caixa de Pássaros - Não abra os olhos, de Josh Malerman




Haha, olha eu aqui de novo com uma super resenha fodástica para vocês. Isso mesmo galera, uma resenha de um livro bem legal do gênero de suspense/terror – Pera ai Greyce, livro com esse gênero que você adora? – Yes devorei ele em poucos dias, ele é bem bacana.

A trama, os personagens, o mistério do que está lá fora... te prende de uma forma ao livro, que você não quer parar até terminar de ler.


O livro da vez é Caixa de Pássaros - Não abra os olhos, do autor Josh Marlerman – le grito histérico.
Esse livro conseguiu me pegar de jeito – adoroooo –, me surpreendeu pela simplicidade e pelos detalhes, a escrita de Josh é mega envolvente, o suspense que gira entorno do que acontece é mais ainda! A trama, os personagens, o mistério do que está lá fora... te prende de uma forma ao livro, que você não quer parar até terminar de ler. O escritor alterna presente e passado nos deixando ainda com mas vontade de saber o que vai acontecer
A historia conta como um grupo de sobreviventes vive após algo acontecer com o mundo. Epidemia? Monstros? Aliens?  Não sabemos bem ao certo o que é, o que sabemos é que algo super perigoso está lá fora e que você pira quando entra em contato com aquilo.

Melorie e Shannon, duas irmãs vivendo juntas em um apartamento nos E.U.A, não se dão conta do tamanho da encrenca em que se meteram quando descobrem que Melorie está grávida. Um bebê a caminho, tudo era pra ser uma coisa mais light, mais sossegado, mas o mundo começa a surtar, relatos sobre coisas vivendo nas ruas deixam Shannon apavorada e ela surta mais ainda quando começam a noticiar que as pessoas se suicidam.
Melorie, por outro lado está tão concentrada na sua gravidez, que não acha que tenha algo de errado com o mundo, achava que tudo aquilo era reação exagerada das pessoas, até que... Sua irmã começa a pendurar cobertores nas janelas e um dia, sem mais nem menos, Melorie a encontra no chão do banheiro com uma tesoura em sua barriga. É nesse momento do livro que a ficha dela cai e ela consegue ver que algo de errado está acontecendo, pois sua irmã nunca se mataria.
Com o telefone de seus pais apenas chamando e o corpo da irmã no chão do banheiro envolto em uma poça de sangue, Melorie decide que ela tem que sair dali, afinal está grávida e precisara de ajuda para ter o bebê.  Ao escutar uma gravação, Melorie decide ir até onde aquela voz pede e assim faz. 
Dirigindo com olhos fechados, ela chega em uma casa e bate na porta. Uma voz pergunta quem é e se está de olhos fechados, ao confirmar, um bochicho  ela escuta e logo está dentro da casa. Com medo de abrir os olhos, Melorie se sente insegura, mas assim que ela escuta uma voz que pede para ela abrir os olhos, ela abre  se depara com algumas pessoas.

As perguntas durante a leitura são claras, o que é que você vê que te perturba tanto ao ponto de você querer se matar?


Tom, Don, Jules, Felix, Chery, os sobreviventes, como eles ainda estavam ali e como eles conseguiram passar esse tempo dentro de uma casa sobrevivendo enquanto o mundo lá fora morria?
Ao se depararem com Melorie grávida, o instinto deles é a expulsarem, mas Tom não deixa e Melorie acaba ficando com eles. Conhecendo a rotina da casa e de como eles buscam água ou usam o banheiro. Melorie se sente segura e estável, sabe que é nesse meio que seu bebê vai nascer e crescer. 
Como poderia ela dar à luz a uma criança que nunca olhará para o céu? Don deu a ideia de cegar o bebê, o qual nem preciso dizer, que Melorie odiou essa ideia.
O tempo passa e Tom conta a história de George, o dono da casa, ele tinha uma ideia louca de que se você visse as criaturas por outro ângulo você não enlouqueceria, mas... Bem, a teoria dele estava errado.

Assim os dias passam e novamente alguém bate a porta, quem seria? O que queria? Será que a pessoa está louca?
As perguntas durante a leitura é clara, o que é que você vê que te perturba tanto ao ponto de você querer se matar? Será que eles conseguiram sobreviver? Será que tem mais gente perdido esperando por eles para ajudar?

A valentia da Melorie em “cegar” as duas crianças para que elas a guiem pelo rio é sensacional, a coragem de sair vendada e deixar que duas crianças de 4 anos a guiem é sensacional! 
Caixa de pássaros, é uma historia excelente. Se você gostar de suspense e terror, vai amar o final dessa obra magnifica.



0 comentários:

Postar um comentário