Não é porque é feito na web que tem que ser feito de qualquer jeito.

25/08/2017

SérieBoy1: O Garoto da Casa ao Lado (The Boy Next Door)



Olá leitores, leitoras – fantasmas -, espíritos e geral. Estamos começando o nosso BEDA do mês de Agosto <3 Nada melhor que começar com uma resenha não é mesmo? Estão prontos? Let's Go.
Então, trago mais uma vez um livro da rainha (não da fofoca como um de suas personagens é conhecida hahah), mas sim dos livros teem mais bons que já li, claro que estou falando da Meg Cabot – Diva.

Esse livro faz parte da coleção Garotos, que por acaso eu li primeiro O Garoto Encontra Garoto, em vez do livro O Garoto Da Casa Ao Lado, que irei resenhar agora. 

Sinopse: Escrito em forma de mensagens de e-mail, 'O Garoto da Casa ao Lado' revela a história de Melissa Fuller, uma jornalista de celebridades que está prestes a perder o emprego. Numa certa manhã, Mel está atrasada para o trabalho, mais uma vez. Contudo, dessa vez, ela tem uma desculpa de verdade: estava socorrendo Helen Friedlander, sua vizinha de oitenta anos, que entrou em coma após levar um golpe na cabeça, em consequência de um misterioso atentado. Seria a colunista de fofocas capaz de descobrir uma grande reportagem? Certa de que esta ocorrência é um gancho para uma matéria sobre as velhinhas indefesas de Nova York, Mel tenta convencer seu editor a publicar a história. Para isso, precisa entrar em contato com Max Friedlander, sobrinho de Helen, que teoricamente estava no apartamento para cuidar dos gatos e cachorros da velhinha. O que Mel não sabe é que, na verdade, quem está no apartamento tomando conta dos bichinhos é John Trent, um rico herdeiro que abdicou da fortuna da família para ser repórter policial do New York Chronicle, principal concorrente do jornal onde Mel trabalha, o New York Journal. Trent deve alguns favores para Max e por isso concorda em ficar no apartamento, fingindo ser Max por algum tempo. Quando Mel marca uma entrevista com Max, que na realidade é John, começa a ter problemas de verdade... 'O Garoto da Casa ao Lado' é um livro delicioso e envolvente que mistura boas doses de suspense, comédia e romance.

Uma coisa que detesto com todas as forças – e acho que é uma das poucas coisas que eu realmente detesto – é esse tipo de sinopse que já conta toda a história em poucas palavras sabe? É como uma síntese de um livro com mais de 200 páginas e isso é bem chatinho caso você queira resenhar o livro sem revelar grandes spoiler, porém é bastante útil se quiser comprar o livro e tiver em dúvida se compra ou não, então é só ler a sinopse que saberá logo de cara se irá gostar ou detestar.

Mellisa Fuller trabalha no mesmo jornal que Kate (Garoto Encontra Garota) trabalha, tem 27 anos e sonha encontrar seu príncipe encantado (por mais que isso pareça impossível no momento). Ela poderia ser uma funcionária exemplar, caso não tivesse chegado atrasada mais de 27° vezes em apenas um ano, claro que esse número viria a aumentar consideravelmente, chegando a 49° vezes em um ano, realmente um recorde para qualquer pessoa. Mellisa veio de uma cidade pequena, aquelas do tipo que todo mundo conhece todo mundo e que se alguém morre em menos de um minuto todo o resto sabe, mas isso é algo bom, afinal, em um mundo em que ninguém se importa com os outros, alguém saber seu nome é uma dadiva. 

Mel como é conhecida por sua amiga Nadine e sua trupe (Tim, Dolly, Tony, George, e o resto de fofoqueiros de plantão) mora em um prédio e tem como vizinha a senhora Helen, uma mulher de 82 anos, mas com força e garra de uma jovem e que vale aproximadamente 12 milhões (podre de rica meus caros, não que isso importe para nossa Mel). Então, em uma manhã que poderia ser como qualquer outra, Mel percebe o latino constante de Paco (um dinamarquês que pesa mais de 60 quilos), o cachorro de sua vizinha e é graças a ele que descobre a pobre senhora caída no chão, por causa de algum brutamonte que a atacou na cabeça e é a partir desse momento que sua vida muda - frase clichê essa né?- ).

Max é o único parente vivo da senhora Helen, sendo sobrinho dela. John é apenas um repórter policial do New York Chronicle. O que ambos têm em comum? Absolutamente nada, a não ser o pequeno fato de que John deve um favor a Max e irá paga-lo, mas qual será o preço que terá que pagar?


Uma história maravilhosa. Incrível. Divertida. Apaixonante. Meg Cabot vem arrasando e não é de hoje não é mesmo? Ela é incrível – pelo menos eu acho – e neste livro ela mostrou isso mais uma vez. Os personagens são muito dinâmicos e através de cada novo e-mail você vai aprendendo um pouquinho mais sobre eles, sobre a vida deles e os gostos. 

Neste primeiro livro da coleção Garotos, Meg usa o método de e-mail, algo que vem a usar nos outros, porém em Garoto Encontra Garota e Todo Garoto Tem, ela adiciona outras formas de eles se relacionarem, além do e-mail.  

Como se toda a trama não fosse boa o suficiente, ainda existe um mistério, afinal, quem atacou a pobre senhora? Quem seria capaz de uma barbaridade dessas? Está curioso? Então não perca seu tempo, venha e descubra esse novo mistério e como brinde veja a linda história de Mel e John.

 Beijos, Tia Ay.




0 comentários:

Postar um comentário