Não é porque é feito na web que tem que ser feito de qualquer jeito.

12/09/2017

#AyllaTodoDia: Tipo de Autor Que Você Não Deve Ser

"Posto o próximo capítulo quando tiver 100 comentários, afinal, tenho 101 leitor" Autor Fulano de Tal. - NÃO SEJA ESSE TIPO DE AUTOR-.
Olá pessoal. Estamos na décima postagem do #AyllaTodoDia. Espero que vocês estejam gostando de me ter todos os dias (isso sim é uma benção enh, ter eu todos os dias da vida de vocês hahah).
Acho que com o título vocês devem entender do que vim falar não é mesmo? Então bora? Let's Go.

  • Próximo Capítulo, APENAS se tiver 100 comentários.

Pessoal. ALÔ. NINGUÉM é obrigado a comentar. Sério. Parem com isso, está feio galera. Quando as pessoas comentam em nossas histórias, elas devem comentar pelo simples ato de saber que aquele comentários nos fará feliz. Elas vão tentar nos surpreender, levantar nossa moral e nos dar força. Agora quando você autor, obriga seus leitores a comentar, porque afinal, eles são leitores e leitores por si só tem uma curiosidade imensa de saber o próximo capítulo da história, assim, claro que irão comentar, mas sabe a sinceridade daquele comentário? Pois é provavelmente ele vai se perder. Então não seja o tipo de autor que acha que por ter 101 leitores, pelo menos 100 deve comentar. Não galera, isso não acontece na prática, porque uma coisa chamada Vida acontece, então a pessoa pode estar usando sua fic como uma forma de rir, de chorar ou apenas passar o tempo, mas sem precisar ter a obrigação de algo sabe? Porque essa coisa chamada Vida já é cheia de obrigações e deveres e as vezes tudo que precisamos é esquecer de tudo isso.  

  • Fic Interativa: Se não comentar seu personagem morre.
PARA.  Tá feio gente. Okay que ultimamente não se vê mais tantas fics interativas, mas houve uma época que foi febre geral e muitas gente tinha. Tia Aylla, o que é fic interativa? Neste post fala direitinho o que é, mas resumindo a que estou citando agora, se trata daquelas fanfics em que os leitores mandam uma ficha com seu personagem e o autor usara esse personagem na história. Na maioria das vezes, os autores acham que porque o leitor fez o personagem, tem toda a obrigação de comentar todas as vezes. GENTE, parem de pensar em escrever ou comentar por obrigação. Para quem não acredita que isso acontece, vou dar dois exemplos que aconteceu comigo:
Havia uma fanfic que não lembro o nome e nem o da autora (caso lembra-se também não citaria). Bem, a fic era interativa e eu tinha uma personagem. A escritora postava 3 vezes na semana, com uma média de 600 palavras por capítulo. É muito difícil  comentar 3 vezes na semana, porque você não tem tempo. Okay, se eu não comentasse minha personagem morria. Então um dia, falei para a autora que seria melhor se aumentasse a quantidade de palavras (dessa forma, ela faria 3 capítulos em 1 ou 2). O problema é que aumentou a quantidade de palavras para 1000, mas continuou postando 3 vezes na semana. Poxa, ai dificultou ainda mais. Simplesmente desisti da história, porque meu tempo não dava. Minha personagem morreu.
Bom, quando fui escrever uma história interativa, havia uns 20 personagens criado por outras pessoas. Eu disse desde o início que não iria matar ninguém ou algo assim, porque eu me apego aos personagens. Enfim, no fim sobrou umas 5 (das que fizeram as fichas) comentando fielmente, mas sabe? Eu era feliz com essas 5. E também surgiu outros leitores.
  • NÃO SUMA.
Okay.  Esse daqui é um tapa na minha cara. Porque eu sumi em uma fanfic. Mas, aprendemos com os erros sabe? Os leitores se apegam muito aos autores, afinal, é uma convivência quase diariamente, por isso quando você some é mil pensamentos que se passa, na maioria das vezes os piores pensamentos. Então deixe um aviso no perfil. Isso pode acalmar os leitores de que você esteja bem.
  • EU SEI DE TUDO.
Não.Você não sabe amor. Aprenda, você diariamente evolui, basta apenas querer evoluir. Então quando alguém te der alguma dica, uma crítica construtiva ou algo desse gênero, aceite de bom coração, porque isso vai te ajudar e muito na escrita. Aprenda com os grandes e ensine os que ainda estão pequenos.

Então, espero que tenham gostado. Sei que as vezes acontece de ser um desses autores, mas tente não ser.
Beijos. 

0 comentários:

Postar um comentário